Vida que segue

Reprodução

É triste, mas as vezes também é bom. A vida segue e nada pode mudar isso. As pessoas aparecem, marcam existências, se tornam inesquecíveis, e depois somem até sem dizer nada, sequer um adeus. Vão para longe, findam-se no tempo, deixam lembranças e corações apertados. É triste porque ficam as saudades, mas é bom porque deixam marcas únicas que nos ajudam a construir quem seremos pelo resto das nossas vidas.

É como muito bem diz Caio Fernando Abreu:

“Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer à tona, o que o coração vive tentando deixar para trás.”

(Ne-Yo- So you can cry)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s